Pages

Ads 468x60px

domingo, 10 de março de 2013

Jornalismo Esportivo: Como produzir pautas em situações imprevisíveis?

Por Pedro Cidade




Na nossa vida temos que esta sempre preparados para as mais diversas situações, até mesmo as mais imprevisíveis, isso não é diferente no jornalismo, nem sempre ter uma pauta marcada significa que ela será realizada, podem surgir assuntos que fogem do cotidiano, horários e datas que podem causar o adiamento ou cancelamento daquele conteúdo que seria publicado naquele dia.  

E como agir nessa situação? A primeira coisa a fazer é pensar em qual pauta seria mais importante para aquele momento, qual a que envolve mais pessoas, ter a noção e a lógica do que seria mais  relevante para o público naquele momento, por exemplo: Dirigentes da FIFA resolvem se reunir no auditório de um hotel em Fortaleza para discutir assuntos sobre a Copa do Mundo, as quatro e meia da tarde e no mesmo horário dirigentes da Federação Cearense de Futebol se reúnem para discutir o regulamento do segundo turno do Campeonato Cearense, qual é o conteúdo que envolve mais pessoas e tem mais relevância? 

Obviamente é a reunião dos dirigentes da FIFA. Mas a outra pauta passa a ser esquecida?  Se você não quiser perder a outra pauta, a solução neste caso é entrar em contato com a Assessoria de comunicação da Federação Cearense de Futebol e agendar uma entrevista com um  representante que possa explicar tudo que foi discutido no encontro.

Em imprevistos é recomendável também telefonar para entrevistados e assessorias para evitar situações desagradáveis, como atrasos ou atrapalhar alguém que deixou de fazer algo apenas para dar aquela entrevista, ninguém gosta de marcar um compromisso e ficar esperando alguém que chega atrasado ou que não vai.

Algo também pode resolver a situação é negociar com a equipe de jornalismo que pode ter alguma equipe disponível para aquele momento, você pode sugerir a pauta para a chefia de reportagem e inclusive é  sempre  bom passar o que esta sendo produzido seja no esporte ou outras áreas para os apresentadores e produtores dos telejornais, afinal é assim que se trabalha em equipe.

Espero ter ajudado quem já passou por esse tipo de situação ou ainda vai passar por ela algum dia. Em breve mais dicas sobre o jornalismo esportivo.

0 comentários: